27 de dezembro de 2013

Oração de um passarinho


Bom Deus,
eu não sei muito bem como rezar
sozinho!
Mas, por favor,
protegei da chuva e do vento
meu ninho.
Derramai muito
orvalho nas flores e sementes
em meu caminho.

Fazei mais alto o azul
e os ramos mais brandos...
E deixai
Vossa doce Luz por mais tempo no céu,
meu coração mais cheio de Vossa Música
para que eu possa
cantar,
cantar,
cantar...

Eis o que peço, Bom Deus,
E assim seja!


Versos de Carmen Bernos de Gasztold (1919),
tradução e voos de Peter O’Sagae (2013).